Admissão e Inscricões.

Condições de Admissão

São condições de admissão neste Estabelecimento, nomeadamente:

1.       Ter entre 3 meses e 3 anos de idade;

2.       Não ser portador de doença infectocontagiosa;

3.       Existência de vaga.

Candidatura

1.     O período de candidatura decorre durante todo o ano letivo, das 9 às 17 horas, de 2ª a 6ª feira;

2.     Para efeitos de candidatura, no local ou no site (www.casinhanossasenhora.pt), deverá ser preenchida uma ficha de identificação que constitui parte integrante do processo da criança;

3.     De forma a validar a sua inscrição para obtenção de vaga comparticipada, deve fazer prova das declarações efetuadas.

ADMISSÃO

Será dado conhecimento no mês de maio da existência ou não de vaga, por email ou por telefone.

Caso não seja possível proceder à admissão, por inexistência de vagas, ficará a criança, em lista de espera.

No ato de admissão é devido o pagamento do valor da inscrição.

Será ainda realizada uma entrevista de diagnóstico para formalização da admissão durante o mês de julho.

 
Faça aqui a sua pré-candidatura prenchendo e enviando o formulário abaixo ou dirija-se presencialmente à secretaria.
 

Renovação da Inscrição

1.     As renovações das inscrições devem ser efetuadas, anualmente, durante o mês de março mediante o pagamento de uma taxa (anexo B) a fixar cada ano, que não será devolvida em caso de desistência;

2.    Caso a inscrição não seja renovada até fim de março não se garante a possibilidade de frequência para o ano letivo seguinte;

3.    Caso se verifiquem mensalidades em atraso, não será renovada a inscrição para o ano seguinte.

Critérios de Admissão para vagas comparticipadas (27)

As crianças serão admitidas segundo as seguintes prioridades:

a)    Reinscrição;

b)    Filhos de colaboradores da FOSRDI;

c)     Frequência de irmãos ou irmãos de ex-alunos da Casinha de Nossa Senhora

d)    Necessidade social;

e)    Ano de inscrição.

Critérios de Admissão para vagas não comparticipadas (17)

As crianças serão admitidas segundo as seguintes prioridades:

a)    Frequência de irmãos no Colégio do Bom Sucesso;

b)    Lista de candidatos, sendo as crianças admitidas ao longo do ano letivo, sempre que haja existência de vaga.

Lista de Candidatos

  1. Caso não seja possível proceder à admissão, por inexistência de vagas, é comunicado, via email ou telefone, ao representante legal do utente, e só permanece na lista de candidatos se for do seu interesse;

  2. São admitidas as crianças, que estiverem na lista de candidatos, segundo os Critérios de Admissão, ao longo do ano letivo, sempre que haja existência de vaga.

Admissão

1.     É competente para decidir o processo de admissão a Direção Técnica e Pedagógica da Casinha de Nossa Senhora;

2.     Aa candidaturas serão analisadas e priorizadas, pelo Responsável Técnico deste estabelecimento, durante o mês de abril de cada ano, ou em caso de desistência;

3.     Da decisão, será dado conhecimento ao representante legal da criança, ou mediante a abertura de novas vagas;

4.    No ato de admissão é devido o pagamento da inscrição, determinado para cada ano letivo (anexo B), que não será devolvido em caso de desistência;

5.     Caso não seja possível proceder à admissão, por inexistência de vagas, tal fato é comunicado ao representante legal do utente, via email ou telefone, durante o mês de maio;

6.    Para efeitos de admissão, o cliente deverá fazer prova das declarações efetuadas, mediante a entrega de cópia dos seguintes documentos:

a)      Fotocópia do recibo da renda da casa ou da prestação mensal do crédito da habitação onde reside a criança;

b)      Fotocópia da declaração de IRS dos elementos do agregado familiar*, referente ao último ano civil;

c)      Fotocópia da declaração de IRC no caso de rendimentos empresariais ou profissionais;

d)      Fotocópia dos 3 últimos recibos de vencimento dos elementos do agregado familiar*;

e)      Fotocópia do Cartão de Cidadão da criança;

f)       Fotocópia do Cartão de Cidadão dos restantes elementos do agregado familiar*;

g)      Fotocópia do Boletim de Vacinas da criança atualizado;

h)      Declaração da Segurança Social com o valor do abono a receber, e do nº do escalão;

i)       No caso de desemprego, declaração da Segurança Social, a ser atualizada, no mês de setembro;

j)       Todas as famílias monoparentais devem entregar o acordo sobre o exercício das responsabilidades parentais, devendo de ser declarado o valor atualizado da pensão de alimentos;

k)      Em situações especiais pode ser solicitada certidão da sentença judicial que regule o exercício das responsabilidades parentais ou do poder paternal.

*Agregado Familiartodos os que residem com a criança.

 

Pré-inscrição online.